As minhas dificuldades com a reeducação alimentar

Hoje vou contar um pouco das minhas dificuldades com a reeducação alimentar. Eu tinha achado o primeiro mês de RA difícil, porém eu consegui me manter focada e seguir o cardápio de uma forma que eu nunca tinha feito antes.
Dificuldades na reeducação alimentar
O início do segundo mês foi bem pior. Eu já estava um pouco desanimada devido ao fato de ter tido uma cobrança em relação a perda de peso, pois como eu disse no post anterior, eu só consegui perder 900 g em cada retorno. Confesso que não estava tão encanada com os 900 gramas perdidos, pois eu tinha a convicção que estava me alimentando da maneira correta, estava ficando mais disposta, além de estar fazendo atividade física regularmente. 

Eu sou uma pessoa que desconta todos os sentimentos na comida, todos. É um hábito ruim que eu carrego há mais de 20 anos. Se eu estou feliz, eu tenho vontade de comemorar comendo. Se eu estou triste, eu quero afogar as mágoas na comida, se eu estou ansiosa: cadê a comida? Às vezes quando eu não tenho nada pra fazer, eu vou comer. Se eu estou com sono e não posso dormir, eu vou comer. É muito louco isso.

São muitos sentimentos diferentes que estão surgindo enquanto estou fazendo a reeducação alimentar e está sendo bem difícil, porque carrego esse hábito ruim há bastante tempo. Nesse início do segundo mês (15 dias) eu senti bastante fome. Acredito que tenha a ver com o fato de estar sendo cobrada por algo que eu estava fazendo corretamente e não estava obtendo resultados satisfatórios. Daí fico ansiosa/triste e quero comer besteira.
Dificuldades na reeducação alimentar
Outra dificuldade que eu estou encontrando, é o fato de tudo girar em torno da comida. Num encontro de amigos sempre tem comida envolvida, numa festa de aniversário a mesma coisa. Se você decide passear num parque, o entorno dele é recheado de opções de comida, se você vai ao shopping a mesma coisa.

Confesso que nesses 15 dias do segundo mês eu não consegui seguir direitinho o cardápio que foi feito pra mim. No fim de setembro foi o aniversário da minha irmã e, no mesmo dia, foi a minha colação de grau. O que aconteceu? Saímos pra comemorar. Ou seja, comi o que não devia. Mas eu estava num momento muito feliz, e queria comemorar com a minha família. Comi sem peso na consciência. :)

O que eu quero passar com tudo isso é que: eu estou bem, mesmo tendo fugido da reeducação alimentar alguns dias. Temos que entender que, pra chegar num ponto de fazer uma RA, é porque carregamos hábitos alimentares ruins por muito tempo. No meu caso, por mais de 20 anos. Mesmo tendo feito reeducação alimentar antes, eu sempre voltava a engordar. Ou seja, vai demorar pra eu criar novos hábitos alimentares. A luta é diária.

O importante é não desistir. É encontrar novamente a força de vontade que tanto te motivava quando você decidiu se reeducar. É fazer por você e não pelos outros. É saber aceitar as pequenas vitórias. Fugiu da dieta? Ok. Vamos correr atrás de não tentar comer besteira essa semana, no próximo mês e assim por diante.

Eu vou tentar fazer isso e vou conseguir. Você também é capaz. :))

Vocês já tiveram alguma dificuldade fazendo reeducação alimentar?

Xêrus! :*
► Acompanhe o blog nas redes sociais:
FacebookInstagram


Postado em: 16/10/16



42 comentários:

  1. Vixe, dificuldade é o q não falta. As festas, os finais de semana, as saídas de casa, a geladeira de casa kkkkk, ou seja, tudo. Eu aceitei q vai ser devagar mesmo, mas não pode parar, as vezes vou comer mais mesmo, e vai ter vezes q eu vou dar tudo de mim e não vai rolar nem 1kg a menos. Mas o importante é não desistir. Devagar e sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Jane. Concordo com você: o importante é não desistir.
      Vamos em frente!! :))

      Bjos

      Excluir
  2. No começo é bem complicado né? Também estou me reeducando e principalmente na primeira semana achei complicado. Tinha o costume de sempre querer comer algo diferente de tarde, principalmente doces hahah e bolo. Agora já estou na 4ª semana e já me acostumei a comer comidas saudáveis e não penso em besteiras hahah o que facilita muito. Tento não comer nada de gordice ou se comer, apenas uma vez na semana, assim não me desacostumo a vida saudável!
    Ah te segui lá no insta!
    Instagram @brunaestiloitgirl
    Blog | Facebook | Twitter | Canal Youtube 
    Beeijos (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o começo é bem chatinho, mas acho que a pior parte é manter o que perdeu. =/
      E é isso mesmo, tem que criar uma rotina, enquanto essa rotina de hábitos saudáveis não for firmada, sempre vai dar vontade de comer uma besteirinha. hehehe

      Bjos =*

      Excluir
  3. nossa amiga estamos juntas , eu tbem tenho um dificuldade muito grande,
    adoro comer massas e doces, tem que ter muita força de vontade e fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Eu amoo massa, principalmente macarrão. Está sendo bem difícil, viu...

      Bjos =*

      Excluir
  4. Oi, Re! Essa luta é super difícil mesmo! Estou prestes a iniciar a minha e ler relatos como o seu é muito bom. O que tenho a dizer é: seja firme! Muita sorte e perseverança pra vc! Tenho certeza que vai conseguir! Beijinhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Thaís! O segredo é não desistir, né?

      Xêro :*

      Excluir
  5. R.A siglazinha chata e necessária. Eu mesmo vivo começando e parando. É um circulo vicioso mas é realmente importante manter a determinação. Desejo toda sorte do mundo e força pra você.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Paula. Eu já comecei e parei várias vezes.
      Mas dessa vez eu estou determinada em não desistir. Obrigada, viu?

      Xêro :*

      Excluir
  6. Acho que, mesmo que eu precisasse, não conseguiria manter uma dieta :x
    Assim como você, também sinto necessidade de comer quando estou ansiosa, triste ou nervosa - é uma necessidade quase fisiológica. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha. Sei como é, Lari.
      Realmente fazer dieta é um negócio chato e difícil. Mas pro meu caso, é necessário. :(

      Xêros :*

      Excluir
  7. Imagino como dever ser difícil. Tem que ter muito foco e força de vontade. Até porque pra conseguirmos uma coisa, precisamos ceder em alguns aspectos. Mas se você tem um objetivo, não desanime, mas também não se culpe se tropeçar de vez em quando. Boa sorte. Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, flor. Obrigada pelas palavras.
      Xêros :*

      Excluir
  8. Eu sou vegana e confesso que todo o processo foi bem difícil, mas como o meu amor pelos animais era BEM maior eu lutei até conseguir, perdi bastante kg. Hoje em dia sou muito magrinha e como meu passado foi gordo (haha), muitos pensam que foi por causa da retirada de alguns alimentos, mas a verdade é que antes mesmo de virar vegana e por conta do crescimento (eu tinha 14 anos) eu já estava emagrecendo. Não desiste Rê!

    Beijão!
    www.alinybeez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, Aliny. Você conseguiu se manter focada por um objetivo maior. E é isso que eu estou tentando fazer, mesmo com alguns tropeços.

      Xêro! :*

      Excluir
  9. Olá!
    Eu sofro muito com isso, pois não consigo de jeito nenhum! Sempre começo numa segunda e termino na segunda mesmo. A minha questão é a quantidade, pois como demais. Além disso, não consigo comer verduras/legumes, o que atrapalha ainda mais.
    Entendo muito o seu lado de todos os lugares levarem à comida. Pior que é assim mesmo!
    Amei o post! Força nessa luta diária!
    Beijos,
    Escritora por um Acaso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo bem, Vitoria. Eu também comia MUITo e só comia besteira. Tinha época que eu só comia massa no almoço e janta, acredita? Então eu sei como é difícil começar a comer pouco. Tem verduras e legumes que eu não como de jeito nenhum. Daí minha salada é sempre com as mesmas coisas, o que acaba enjoando. =|

      Xêro!:*

      Excluir
  10. Muito interessante seu post <3 Sempre eu tento fazer uma dieta, mais não é sempre :)

    ResponderExcluir
  11. Já pensei em fazer isso mas é muito difícil abrir mão dos doces, bolos... Sempre fico naquele dilema "semana que vem eu vou" mas ainda não tive coragem de começar a comer só comidas saldaveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. Tem que ter foco e vontade de fazer. Pois já é difícil, sem força de vontade fica ainda mais difícil =/

      Bjos :*

      Excluir
  12. Admito que sofro do mesmo mal, sempre digo que vou começar na segunda mas nunca consigo continuar. É uma tortura.

    ResponderExcluir
  13. Gostei do post. É um pouco interessante.. Mas continua no foco, mesmo que seja difícil, você consegue!

    ResponderExcluir
  14. Aiii Renata você me deu uma super ideia e força para eu voltar a me reeducar. Realmente é difícil, principalmente no começo, mais depois a gente começa a pegar gosto pelas coisas saudáveis e conseguimos deixar de lado toda aquela bomba para nosso organismo. Foco e força ai na missão rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Bru! Fico feliz :))
      É verdade, é difícil criar novos hábitos alimentares, mas é só conseguir manter a rotina, que a gente nem sente depois a dificuldade. hehe

      Bjos

      Excluir
  15. É difícil mesmo! É muita tentação ao nosso redor, e nem sempre conseguimos segurar. Eu tenho problema de compulsividade, eu como sem vontade, só porque está ali sabe?

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou assim, Lilian! Tá sendo bem difícil pra mim por conta disso.

      Bjos =*

      Excluir
  16. Eu sempre fui da política de comer de tudo UM POUCO.
    Assim não passo vontade e também não exagero.
    Sou assim desde sempre, então sempre manti um corpo que me deixa satisfeita.

    Mas a dica é persistir porque uma hora você acostuma e não vai nem sentir.

    bjOO

    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Dani. Equilíbrio é tudo na vida.
      É só não exagerar, não é?

      Bjos

      Excluir
  17. Nossa, guria, eu tentei por anos fazer RA, mas falhava. Sempre fui magra, então meu objetivo era ser saudável -- o que eu acho que deve ser a prioridade para todo mundo. Mas, assim, eu acabava não tendo essa coisa de olhar para a balança e ficar triste, porque meu peso sempre ficou na mesma, MAS era sempre uma decepção ter dor de cabeça todos os dias, ir no banheiro só uma vez por semana (por intestino preso), não ter vontade de fazer nada e por aí vai. Demorou muito pra eu entender e fixar meu objetivo maior, porque, como você mencionou, são ANOS adotando um estilo de vida e é bastante difícil mudar de uma hora pra outra (sempre desconfio daqueles casos milagrosos). Eu enrolei e enrolei até que meu corpo chegou num estado que não dava mais conta das porcarias que eu mandava pra dentro. :( Tem quase dois anos que eu me alimento melhor e o bem-estar que sinto é impagável. Então eu realmente acredito que o propósito maior deva estar no 'sentir-se bem' pois nossa felicidade fica atrelada a isso. É super difícil nesse mundo que gira em volta de comida, como você bem disse, mas a mudança não precisa ser radical - se cada dia você fizer uma escolha diferente, quando for perceber já vai ter passado um tempão e tudo ficará incorporado na sua rotina. Então eu te desejo muita força de vontade e vou adorar ler aqui sobre seus resultados positivos! :) Enquanto isso, vou sempre mudando umas coisinhas aqui também (acabei de comer muito amendoim, ahahaha).
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só falou verdades, Bru! :))
      Quando eu tiver vontade de comer alguma besteira, vou ter em mente o propósito maior de tudo isso: meu bem estar. E vou fazer uma escolha diferente, que é a de não cair na tentação, hehe. E é como você disse, depois de um tempo eu não vou perceber e não vai ser tão doloroso quanto hoje, kk.

      Bjos :*

      Excluir
  18. é uma luta diaria msm, mas faz bem pra saude e pode mudar mt coisa na nossa vida

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Lívia. O foco é sempre a saúde e o bem estar. :))

      Bjos

      Excluir
  19. Oi flor, tudo bem?
    Eu sou muito formiga, deixar os doces de lado é muito difícil para minha pessoa.
    Mas ter foco é tudo, lógico que as vezes tem aquelas jacadas.kkk
    bjos

    www.dicasdakarine.com.br

    ResponderExcluir
  20. Ai, nem fala! Meu maior problema é resistir. =(
    Eu preciso dar um passo importante que é voltar a não beber refrigerante. Eu parei por 8 anos e voltei ano passado, por uma praticidade boba. Aff.
    Força, Re!

    Chiquereza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, Nah =|. Eu também parei por um tempo de tomar refrigerante e voltei antes de começar a reeducação alimentar. É bem difícil de resistir no começo, mas depois acostuma.

      Força pra nós. Bjos =*

      Excluir
  21. Enviamos um convite para o teu email :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Não recebi nada em nenhum dos emails até agora. Abraços

      Excluir

Tecnologia do Blogger.